A cobertura midiática do caso Marielle Franco: análise de fontes e estratégias retóricas nos jornais El País e Folha de S. Paulo

  • AUTORA | Ana Karla Flores Gimenes
  • ORIENTADOR | Marcos Paulo da Silva

RESUMO | Esta monografia visa desenvolver uma análise das fontes jornalísticas, dos canais de informação e das estratégias retóricas aplicadas pelos jornais Folha de S. Paulo e El País na cobertura do caso Marielle Franco, no período de uma semana, nos anos de 2018, de 2019 e de 2020, data do ocorrido e aniversários de um e dois anos do crime, respectivamente. Para o desenvolvimento da análise optou-se pela utilização do modelo multimodal, desenvolvido pelos autores Wozniak, Luck e Weaaler (2014) e utilizado por Jeronymo (2019). Em seguida, foi realizada uma adaptação dos níveis propostos com a análise das fontes “primárias” e “secundárias”, dos “canais de informação” e das estratégias retóricas de simplificação, de consonância, de personalização, de dramatização e de amplificação e relevância. Contudo, se faz adequado a análise multimodal para atingir os objetivos de compreender o processo de construção jornalística na cobertura de um evento complexo e suas reflexões na política e na sociedade a partir de práticas estabelecidas nas matérias estudadas.


A representação das vítimas de estupro na imprensa online de MS: análise de discurso de notícias sobre violência sexual no G1 MS

  • AUTORA | Rafaela Alvarenga Flôr
  • ORIENTADORA | Márcia Gomes Marques

RESUMO | A presente monografia tem como objetivo principal analisar o discurso das notícias sobre violência sexual publicadas no portal G1 Mato Grosso do Sul no último semestre de 2019. A metodologia utilizada é a elaborada por Patrick Charaudeau (2013), na obra ―O discurso das mídias‖, a partir das instâncias de produção até comentar o acontecimento, por ser possível elencar pontos principais para serem observados em notícias construídas a partir de diversos acontecimentos. A literatura consultada para embasar e criar criticidade aborda temas como violência na mídia, mercantilização da notícia, feminismo, masculinidade e mulher na imprensa. Os principais resultados obtidos foram a dependência da imprensa com as fontes institucionais (polícia e boletins de ocorrência), notícias sem aprofundamento, sensacionalistas e com abordagem noticiosa que culpabiliza as vítimas pela violência sexual sofrida.


Balaio de ideias: Podcast sobre fé e saúde mental com foco nas religiões de matriz africana

  • AUTORA | Lyanny Ferreira Yrigoyen
  • ORIENTADORA | Daniela Cristiane Ota

RESUMO | Balaio de Ideias é um podcast com a intenção de debater o tema fé e saúde mental com foco nas religiões de matriz-africana, dividido em três entrevistas, os episódios introduzem os temas ao explicar como o tratamento medicamentoso das doenças psíquicas, em específico a ansiedade e depressão, são abordadas pela fé dos seguidores das religiões de matriz-africana umbanda e candomblé. Foram entrevistados três convidados, o médico psiquiatra e teólogo Rodrigo Oliveira, o Babalorixá Lucas de Odé e o umbandista Diego Paiva. O foco é chegar até o público jovem entre 15 e 29 anos de idade, faixa etária correspondente a maior taxa de depressão e morte por suicídio que de acordo com a quarta edição da Podpesquisa, realizada pela Associação Brasileira de Podcasters em 2018, também é a faixa etária ouvinte desse tipo de programa. O podcast é definido como uma produção sonora sob demanda com distribuição online e foi escolhido por ser atual e dinâmico.


Bambas: revista digital sobre a participação das mulheres na música em Campo Grande (MS)

  • AUTORA | Renata Cristina Ferreira Barros
  • ORIENTADOR | Felipe Quintino Monteiro Lima

RESUMO | Este relatório apresenta o processo de aprofundamento, entendimento e produção de uma revista digital voltada para a música em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Por meio de um levantamento bibliográfico sobre as mulheres na música e a produção jornalística de revistas, apresenta-se o processo de elaboração da revista digital Bambas, que tem a missão de visibilizar a participação das mulheres na música na capital. O gênero musical escolhido para nortear a primeira edição é o samba, e a partir do foco nesta temática direcionou-se a metodologia do trabalho, na busca de parceiros na produção de diferentes tipos de textos: reportagens, perfis, crônicas e seções especiais, abordando os desafios e as motivações que envolvem a produção de samba, por mulheres, na capital sul-mato-grossense. Para isso, foram entrevistadas cantoras, compositoras, ritmistas e mestra de escola de samba.


Cobertura jornalística sobre casos de suicídio indígena em portais de notícias de Campo Grande – MS

  • AUTOR | Marcos Roberto Saucedo
  • ORIENTADORA | Katarini Giroldo Miguel

RESUMO | O presente trabalho compreende a relevância da cobertura jornalística nos acontecimentos de suicídio, tendo em vista os acontecimentos complexos como os relativos a morte voluntária no contexto das comunidades indígenas. Explorou-se, dessa forma, as notícias divulgadas sobre suicídio indígena nos portais de notícias Campo Grande News, Correio do Estado, Midiamax e O Estado MS para uma averiguação quantitativa e, posteriormente, qualitativa, neste caso, a partir da análise de dez matérias selecionadas do portal Campo Grande News, dispondo como parâmetro os manuais elaborados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e Ministério da Saúde, ambos direcionados aos profissionais de imprensa, com a finalidade de orientar corretamente a cobertura jornalística sobre casos relacionados ao suicídio.


Desvio de rota

  • AUTORA | Julisandy Ferreira da Costa
  • ORIENTADOR | Júlio Carlos Bezerra

RESUMO | Este trabalho apresenta uma narrativa que une os temas mulheres e crime em formato de filme documentário. A partir disso, foi iniciada uma busca a fim de entender as razões que levam mulheres jovens, entre 18 e 29 anos – faixa etária estabelecida pelo Estatuto da Juventude (12.852/2013), que determina o tempo em que uma pessoa pode ser considerada jovem e, consequentemente, ainda em formação – a cometerem crimes. Para a criação do produto foram seguidas várias etapas como, entrevistas, estreitamento das relações com as personagens, acompanhamento de rotina e edição do material. Com o compilado de técnicas e informações, foi possível alcançar o objetivo e discutir as razões que levam as mulheres a adentrarem o crime e a forma como isso acontece, seja por meio dos fatores de influência, como a educação, violência, drogas e problemas familiares, entre várias outras possibilidades. Aqui procura-se mais do que o apoio em fontes especialistas, embora seja reconhecida sua importância. Salienta-se a humanização e o relato das detentas, com o objetivo de ampliar a voz e dar visibilidade ao tema, que segue, por muitas vezes, superficial em meio ao modelo midiático atual.


Feminicídio na imprensa sul-mato-grossense: uma análise da cobertura jornalística dos portais Campo Grande News e Midiamax

  • AUTORA | Lethycia dos Anjos Silva
  • ORIENTADORA | Katarini Giroldo Miguel

RESUMO | Esta Monografia tem como objetivo analisar a cobertura jornalística da imprensa sul-mato-grossense a respeito dos casos de feminicídio ocorridos em Mato Grosso do Sul no período de março de 2020. Partindo da hipótese que, ao omitir-se de seu papel social e desconsiderar as normas indicadas para uma cobertura jornalística adequada, a mídia sul-mato-grossense contribui para a perpetuação da violência contra a mulher e invisibiliza os casos de feminicídio. Seguindo a metodologia de análise qualitativa, foram estabelecidos parâmetros de análise com base em normativas e ferramentas criadas para nortear jornalistas na produção de notícias e reforçar o papel da imprensa no enfrentamento a violência de gênero. Assim para a análise empírica, foram selecionadas 22 matérias publicadas entre os dias 1° a 31 de março de 2020 pelos jornais Campo Grande News e Midiamax.


Figuras femininas: JHQ sobre mulheres que atuam na conservação do Pantanal e Cerrado em MS

  • AUTORA | Raquel Eschiletti P. de Oliveira
  • ORIENTADORA | Katarini Miguel

RESUMO | O presente trabalho é uma reportagem em formato de jornalismo em quadrinhos digital (JHQ) que conta histórias de mulheres que atuam na conservação e defesa do Pantanal e Cerrado sul-mato-grossense. A partir da apresentação da organização política, econômica e social dessas mulheres, a narrativa discorre sobre seus feitos e suas impressões sobre a relação de mulher e meio ambiente, em uma perspectiva feminista. Para isso, foi realizada a captação e análise de informações sobre o ecofeminismo e sua relação com a realidade das mulheres do Cerrado e Pantanal; foram contatadas e entrevistadas três mulheres, que atuam na conservação do Pantanal e Cerrado, para elaboração do roteiro, storyboard e ilustrações em formato de JHQ. A narrativa foi disponibilizada na plataforma digital ReadyMag, com recursos de hiperlinks e vídeos para complementar as informações. Assim, foi cumprido o objetivo geral de apresentar perfis de mulheres que atuam em defesa do Pantanal e Cerrado sul-mato-grossense no formato de JHQ. Disponível em https://readymag.com/u3469217473/figurasfemininas/


Fotolivro “Pátria”: um recorte da imigração e dos descendentes em Campo Grande (MS)

  • AUTORA | Mariana Moreira Azambuja Batista
  • ORIENTADOR | Rodrigo Sombra

RESUMO | Este trabalho apresenta uma narrativa visual sobre um recorte dos imigrantes e descendentes em Campo Grande (MS) no formato de fotolivro. A finalidade deste produto é sugerir o protagonismo dos personagens através da leitura imagética sequencial. O observador terá a oportunidade de se identificar com o retrato de populações que, de modo geral, são responsáveis por diversas influências culturais em Mato Grosso do Sul e na Capital do Estado. Os textos intercalados com as imagens poderão, ainda, evidenciar o sentimento de cidadania e de pertencimento a um ou mais locais. Para a criação do produto, as seguintes etapas foram seguidas: entrevistas; produção fotográfica; e edição do material.


Herança sem fronteiras

  • AUTORA | Amanda Raíssa Corrêa da Cunha
  • ORIENTADOR | Júlio Bezerra

RESUMO | Este trabalho apresenta uma amostragem da identidade sul-mato-grossense em formato de filme documentário. Para tal, foi realizada uma investigação a fim de compreender, com maior profundidade, a origem e a história dos povos que mais marcaram a região do sul do Mato Grosso, desde antes de ser chamada de Mato Grosso do Sul, e de que modo elas ainda hoje estão presentes no dia-a-dia dos sul-mato-grossenses. Para a criação do produto foram seguidas várias etapas como entrevistas, coleta de imagens de base, arquivamento de relatos e dados históricos, seleção de objetos de valor cultural e edição do material. Com o compilado de informações iniciais, fornecido por especialistas, foi possível chegar ao objeto inicial – discutir a história e identidade cultural sul-mato-grossense -, fosse por fatores importados de outras culturas ou aspectos originais, constituídos justamente por uma junção atípica de fatores que desencadeiam uma formação única e peculiar de um povo caracterizado por sua mistura. Apesar do papel essencial de fontes especialistas, que dedicaram uma vida de estudos ao recente estado de Mato Grosso do Sul, salienta-se a representação do povo sul-mato-grossense, buscando-se a quebra de estereótipos, um incentivo à discussão, conscientização e enaltecimento desta mesma população local que segue, por muitas vezes, sem conhecer a fundo suas origens e sua própria história.


Interações com o jornalismo de referência em postagens e comentários de mídias sociais digitais: o caso dos senadores de MS no Twitter

  • AUTOR | Walter Martins de Queiroz Júnior
  • ORIENTADOR | Marcos Paulo da Silva

RESUMO | Este estudo se propõe a realizar uma correlação entre a crise da autoridade jornalística e a mediação realizada pelos três senadores do estado do Mato Grosso do Sul, Brasil por meio de suas postagens na mídia social Twitter e das interações realizadas por seus seguidores. Para isto é realizado um recorte no período que sucede a eleição de 2018, e aplicada a metodologia da análise de conteúdo (BARDIN 2011) sob conceitos das finalidades do jornalismo (REGINATO 2018) e características do jornalismo de referência (ZAMIN 2014), entre outros.


Livro-reportagem “Quem sabe sobre adoção? – Histórias de pais adotivos”

  • AUTORA | Izabela Piazza Pinto
  • ORIENTADOR | Felipe Quintino Monteiro Lima

RESUMO | O presente trabalho é um livro-reportagem no subgênero perfil que tem por objetivo narrar o processo de adoção através das experiências de mães e pais adotivos. Trata-se de uma pesquisa de bases teóricas aprofundadas, embasada em bibliografias, documentos e profissionais de referência na área, tal como, elaboração e aplicação de questionário estruturado durante as entrevistas. Os resultados alcançados ressaltam a relevância em dialogar com esse tema para discutir como os estigmas, preconceitos e entendimentos sobre a adoção, refletem na complexidade das relações, bem como, mostrar que é possível pensar na adoção como um ato natural e válido para se ter uma família. Ao final o questionamento proposto no título do livro só pode ser respondido de maneira particular por cada leitor.


Livro-reportagem “O caminho possível: narrativas da educação superior”

  • AUTORA | Jéssica Paula Silva Lima
  • ORIENTADOR | Felipe Quintino Monteiro Lima

RESUMO | “O caminho possível: narrativas da educação superior” é um livro-reportagem construído a partir do formato perfil e apresenta como temática principal a inserção de populações vulneráveis no ensino superior público e privado no estado de Mato Grosso do Sul. Entre os objetivos do projeto desenvolvidos estão a reflexão acerca do papel assumido pela educação superior como instrumento para liberdade e emancipação dos sujeitos que a frequentaram. Além disso, busca-se constatar os efeitos assumidos pelas vulnerabilidades relacionadas aos conceitos de raça, situação de renda ou apresentação de deficiências. Ademais, está entre os objetivos contatar a influência assumida pelos níveis de ensino anteriores e o papel desempenhado por ações afirmativas na entrada dos personagens escolhidos nas instituições de nível superior. Para tal, foi desempenhada pesquisa documental sobre temáticas ligadas à inclusão social, desigualdade e exclusão social, além do histórico das ações afirmativas no país e nas principais instituições de educação superior no estado. A apresentação dos perfis se dá a partir da técnica do jornalismo literário e de narrativas centradas nas histórias de vida dos personagens.

ARQUIVOS | RelatórioLivro-reportagem


Livro-reportagem Renascer: mulheres, filhos e maternidade solo

  • AUTOR(ES) | Jéssica Vitória Mendonça Fernandes
  • ORIENTADOR(A) | Felipe Quintino Monteiro Lima

RESUMO | O presente trabalho apresenta uma narrativa jornalística no formato de livro-reportagem perfil que tem como tema central a família monoparental feminina no Brasil. O projeto dispõe a contribuir com a representação social deste grupo e dessa forma provocar uma reflexão e elucidação sobre o assunto. A obra traz relatos fundamentados em entrevistas realizadas com quatro mulheres chefes de família residentes em Campo Grande (MS) que representam e vivenciam a maternidade solo. Seguindo aspectos do jornalismo literário, o produto exerce a função de informar o leitor com uma abordagem ampla sobre assunto através de uma linguagem que evidencia o lado humano das personagens. Portanto, o livro retrata a realidade de cada mãe solo a partir de suas histórias, opiniões e experiências pessoais.


Mães da memória – Reportagem multimídia sobre mulheres que sofreram lutos perinatal e neonatal

  • AUTORA | Letícia Schiavon
  • ORIENTADORA Katarini Giroldo Miguel

RESUMO | A reportagem multimídia “Mães da memória”, disponível em https://readymag.com/u2055954876/2326895/, foi desenvolvida como Projeto Experimental para conclusão do curso de Jornalismo na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. O objetivo deste trabalho foi, por meio do fazer jornalístico e da pesquisa acadêmica, desenvolver uma reportagem com o tema do luto perinatal e neonatal. O luto perinatal é caracterizado como o estado psíquico de uma mulher após uma perda gestacional, abortamento ou óbito fetal. Já o neonatal refere-se ao estado das mulheres que lidam com a perda de um bebê pouco tempo após o nascimento. Em ambos casos, o sofrimento é na maioria da vezes incompreendido por terceiros, por suporem que a mulher, por não ter conhecido o bebê fora da barriga ou ter pouco tempo de convivência, não deveria sofrer pela perda. Essa incompreensão também pode ser refletida por profissionais de saúde dentro das maternidades e hospitais no momento em que a perda ocorre. A reportagem aborda esse e outros aspectos por meio de elementos multimídia: áudios, vídeos, imagens, infográficos e ilustrações, possibilitando uma imersão no assunto.


Narrativas de incômodo: livro-reportagem de mulheres à margem

  • AUTORA | Ágatha Rodrigues do Espírito Santo
  • ORIENTADORA | Rafaella Lopes Pereira Peres

RESUMO | O livro-reportagem Narrativas de Incômodo tem como tema a narrativa de mulheres invisibilizadas na sociedade. O objetivo do produto é criar um meio comunicativo para entoar vozes de mulheres que não representam o ideal feminino, branco, heterossexual e cisnormativo. A obra apresenta histórias de três mulheres, uma transexual, uma lésbica e uma que sofre com a pressão estética feminina. Mesclando o jornalismo literário com a linguagem informativa dos jornais diários, o livro-reportagem pretende aproximar o leitor da realidade de mulheres que incomodam o sistema.


Novas práticas de jornalismo audiovisual no Youtube: um estudo dos canais TV Folha e MyNews

  • AUTORA | Camila Andrade Zanin
  • ORIENTADORA | Taís Marina Tellaroli Fenelon

RESUMO | Este trabalho tem como objetivo apresentar as especificidades dos veículos de comunicação – TV Folha e MyNews – alocados na plataforma YouTube. Foram realizadas pesquisas bibliográficas sobre os conceitos de telejornalismo e convergência, para entender como se configuram as novas práticas no YouTube. Posteriormente, foram observados os dois canais jornalísticos, o nativo do YouTube, MyNews e a migrante digital, TV Folha. Utilizando alguns elementos da metodologia do estudo de caso, a observação e análise dos objetos escolhidos desdobrou-se em reflexões sobre os novos modos de narrar a realidade, além de fazer apontamentos de como a plataforma representa o jornalismo, no sentido de entender quais são as formas deste novo fazer, suas inovações, relação com público e alcance de conteúdo. Os veículos estudados, TV Folha e MyNews, representam uma pequena parte desse enorme leque que se abre para o jornalismo no formato audiovisual.


O futebol como espetáculo: uma análise da cobertura midiática dos clubes brasileiros pelo programa Linha de Passe da ESPN Brasileira

  • AUTOR | Gabriel Sato dos Santos
  • ORIENTADOR | Marcos Paulo da Silva

RESUMO | Esta monografia visa desenvolver uma análise do programa Linha de Passe, do canal de TV por assinatura ESPN Brasil, com foco nas equipes brasileiras que participaram da Copa Libertadores da América 2020 – Flamengo, São Paulo, Palmeiras, Santos, Grêmio, Internacional, Corinthians e Athletico Paranaense. Para o desenvolvimento da análise, optou-se pela utilização do Modelo Analítico Esportivo 5 E’s (Estética, Ética, Emoção, Espetáculo e Educacional), desenvolvido por Marchi Júnior (2015). A ideia é que o conjunto das análises crítica e descritiva possa evidenciar quais dessas dimensões são mais trabalhadas no escopo do programa televisivo. Como recorte temporal do Linha de Passe, o período de escolha dos episódios para análise foi do dia 14 de setembro de 2020 a 17 de setembro de 2020, semana em que a Copa Libertadores retornou a ativa, após uma pausa de seis meses devido à pandemia da COVID-19 que se instalou no mundo no ano de 2020. Como resultado, a análise identifica efeitos de espetacularização do esporte a partir das escolhas e estratégias editoriais do programa.


O podcast como uma possibilidade de difusão de conteúdo jornalístico: um estudo sobre o “Café da Manhã”

  • AUTOR | José Victor Marçal Câmara
  • ORIENTADORA | Daniela Cristiane Ota

RESUMO | A presente monografia busca entender a utilização do podcast como ferramenta jornalística e a ligação do produto com o radiojornalismo. Visto que os podcasts são produtos basicamente em áudio, esse trabalho recorre à história e características do rádio e do radiojornalismo com a finalidade de entender o exequível espaço conceitual dos podcasts. A monografia utiliza do conceito de estudo de caso (YIN, 2003) para compreender a interseção entre o radiojornalismo e os podcasts, através do podcast do Jornal Folha de S.Paulo, “Café da Manhã”. Por meio da análise e do cruzamento de conceitos teóricos, observamos que o podcast pode ser utilizado como disseminador de conteúdo jornalístico, como de qualquer outro assunto. Frente aos conceitos levantados, os podcasts surgem também como um formato mediante a convergência midiática no rádio.


O que os olhos não veem: infografia multimídia sobre a doença celíaca

  • AUTORA | Rúbia Pedra Recaldes
  • ORIENTADORA | Rafaella Lopes Pereira Peres

RESUMO | O projeto experimental “O que os olhos não veem: infografia multimídia sobre a doença celíaca” objetivou construir um infográfico para ser disponibilizado online com as principais informações e características acerca da doença celíaca (DC). Para isso, contou com levantamentos bibliográficos sobre a temática abordada e o produto a ser realizado, entrevistas com especialistas e portadores da condição, a fim de conhecer as principais demandas informacionais, e assim, respondê-las no infográfico. O processo produtivo envolveu o desenvolvimento de uma identidade visual para o produto, encomenda de ilustrações para complementar os tópicos, seleção e edição de dados e informações, diagramação na plataforma digital e publicação do resultado final em https://readymag.com/u1112308271/2210214/. O presente relatório apresenta os processos realizados para a construção do infográfico multimídia, os suportes teóricos utilizados, as dificuldades encontradas e os objetivos alcançados. Por fim, espera-se que a produção auxilie a comunidade celíaca e informe a população geral sobre a condição.


Podcast: Mais inclusão

  • AUTORA | Rafaela Moreira Alves
  • ORIENTADORA | Daniela Cristiane Ota

RESUMO | “Mais inclusão” é um produto radiofônico no formato de podcast, sobre a inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho em Campo Grande. Dividido em quatro episódios, que duram de 13 a 20 minutos, a série aborda questões de inclusão social, acessibilidade, legislação e instituições que contribuem para a socialização. O objetivo do produto é conscientizar a população sobre a necessidade de termos uma sociedade mais inclusiva. O projeto conta com nove fontes, entre especialistas e personagens, que compartilham de suas vivências para a construção da narrativa. Todas as entrevistas foram gravadas via Skype e Google Meet, posteriormente, editadas, utilizando as ferramentas Sound Forge e Sony Vegas, e por fim disponibilizadas na web.


Podcast “Torna-se” – Diálogos sobre as várias formas de ser mulher

  • AUTORA | Giovana Martini de Carvalho Souto
  • ORIENTADORA | Daniela Cristiane Ota

RESUMO | Com o nome inspirado na frase da filósofa e teórica feminista, Simone de Beauvoir – “não se nasce mulher, torna-se” – o Torna-se é um podcast focado em criar um diálogo entre a apresentadora e as convidadas, sobre as diversas formas de ser mulher. Os principais objetivos alcançados com a gravação dos episódios foi poder ter o ponto de vista singular das entrevistadas sobre assuntos como representatividade na mídia, mercado de trabalho, a comunidade LGBTQIA+ 1 entre outros tópicos. É importante se discutir a vivência do feminino que vai além da exigência social sobre as mulheres, conhecer como é na pele o ser mulher, pois cada uma – com seu recorte social, suas referências, sua orientação sexual, sua raça, etc – carrega em si suas próprias lutas e reivindicações.

ARQUIVOS | RelatórioEpisódio 1Episódio 2Episódio 3


Queimadas no Pantanal: uma análise da cobertura de jornalismo ambiental do Correio do Estado (MS)

  • AUTORA | Camila Rocha Silveira
  • ORIENTADORA | Katarini Giroldo Miguel

RESUMO | O presente trabalho analisa a cobertura jornalística do veículo Correio do Estado sobre as queimadas do Pantanal, utilizando como base conceitual os estudos do autor Wilson Bueno, a partir de seu trabalho “Jornalismo Ambiental: Explorando além do conceito” e as “síndromes do jornalismo ambiental”. A temática advém de um cenário marcado por impactos ambientais ocorridos no ano de 2020 sobre a bioma Pantanal, reconhecido como Patrimônio Nacional pela constituição desde 1988. Inicialmente o trabalho se desdobra sobre a área teórica do Jornalismo Ambiental e encerra com análises de nove matérias, dentre as 104 selecionadas no total. Dessa maneira, é possível realizar a avaliação da idealização e a prática do Jornalismo Ambiental nas redações. Ao concluir as análises, o resultado aponta que o conteúdo apresentado pelo veículo Correio do Estado reproduz as “síndromes” do Jornalismo Ambiental, apresentando uma perspectiva factual, isolada, técnica e, por vezes, sensacionalista.


Ralé da bola: Podcast sobre a ideologia do desempenho no futebol

  • AUTOR | Alison dos Santos Silva
  • ORIENTADOR | Marcos Paulo da Silva

RESUMO | A série de podcasts “Ralé da Bola” é um projeto voltado a problematizar a concepção de “ideologia do desempenho” no futebol e a expor as dificuldades e percalços daqueles que tentam viver profissionalmente do esporte no país. O termo “ralé” faz referência ao conceito trabalhado pelo sociólogo Jessé Souza em sua crítica sobre a lógica da desigualdade de classes estabelecida na sociedade brasileira. Atrelados a esta problemática, os podcasts procuram debater como questões de classe, raça e gênero interferem ou permeiam as individualidades de cada entrevistado, bem como facilitam ou dificultam suas carreiras dentro da modalidade. Foram selecionadas no contexto de Mato Grosso do Sul fontes primárias de diferentes idades e em distintos estágios dentro de suas carreiras no futebol. A construção do produto também perpassa o levantamento da opinião de estudiosos (fontes secundárias), presentes ou não no produto final, a fim de sinalizar o modo em como as problemáticas abordadas por Jessé Souza podem ser aplicadas ao universo futebolístico. Os resultados tem por finalidade expor as dificuldades e histórias relatadas pelas fontes e visam registrar os obstáculos de classe, raça e gênero que permeiam a profissionalização do futebol no Brasil.

ARQUIVOS | RelatórioEpisódio 1Episódio 2Episódio 3Episódio 4

Sagrados bastidores da política: A influência de grupos evangélicos na política local

  • AUTOR | Guilherme dos Santos Correia
  • ORIENTADOR | Silvio da Costa Pereira

RESUMO | O presente trabalho trata-se de uma grande reportagem que aborda alguns aspectos da relação entre grupos evangélicos e política de base em Campo Grande (MS) e sua ligação com o que ocorre no país. Como métodos de apuração, foram realizadas entrevistas, pesquisas documentais e raspagem, limpeza e análise de dados por meio de aplicativos de tabulação e de programação. Para a apresentação da reportagem, foram utilizados recursos multimídia como áudios, infográficos, ilustrações e fotografias.


Será que serve pra mim? Dilemas da moda inclusiva

  • AUTORA | Karina Paola Cantiere dos Reis
  • ORIENTADORA | Taís Marina Tellaroli Fenelon

RESUMO | Este documentário tem como objetivo apresentar o tema da moda inclusiva e possibilitar a reflexão sobre o assunto, trazer também representatividade para as pessoas com deficiência na falta de inclusão e acessibilidade na moda. Procurou-se também mostrar possíveis soluções para a problemática da falta de identificação dos diferentes corpos existentes na sociedade. Faz-se necessário tornar o mundo mais inclusivo, dando oportunidade para todas as pessoas com ou sem deficiência. O documentário apresenta depoimentos de profissionais da área e perfilados com algum tipo de deficiência onde apresentam o tema e seus desafios, além de mostrar a realidade do cotidiano dessa classe estereotipada de minorias, ainda muito marginalizada por uma sociedade que ainda se pauta no modelo idealizado magro, fitness e belo. Cerca de 23,9% da população brasileira possui aluga deficiência, somando-se mais de 45 milhões no Brasil, segundo os últimos dados do IBGE de 2010.


Terenahiko Inámati yoko kónokeakono kamokineokono – Os jovens Terena e a importância de ouvir sua voz

  • AUTORA | Ethieny Karen Pereira Ferreira
  • ORIENTADOR | Silvio da Costa Pereira

RESUMO | Terenahiko Inámati yoko kónokeakono kamokineokono é uma grande reportagem multimídia para web, que aborda a juventude indígena Terena em espaços acadêmicos, políticos e no meio urbano dentro da sociedade. O projeto mostra as diferentes perspectivas do que é ser um jovem indígena em Mato Grosso do Sul, bem como as dificuldades e anseios deles nos locais em que se encontram. A reportagem foi dividida em seis perfis, todos os títulos estão escritos em linguagem indígena Terena, contando um pouco da história e trajetória de: Eriki Paiva, Edenilson Delgado, Claudéli Mendes, Arceniel Cece, Eli Mamedes e Fernando Margarejo. Acesse a reportagem aqui.


Viagem pela Cannabis. Uma série de podcasts sobre a maconha

  • AUTOR | Jean Celso dos Santos Silva
  • ORIENTADORA | Daniela Cristiane Ota

RESUMO | O projeto Viagem pela Cannabis: uma série de podcasts sobre a maconha vai na contramão do discurso proibicionista e criminalizante sobre a maconha, e busca, por meio de entrevistas com profissionais que trabalham com esta planta em múltiplas perspectivas, explorar e estabelecer um debate que amplie horizontes a respeito dessa pauta. Em uma série de quatro podcasts com conversas com os profissionais Mauricio Fiore, Renato Filev, Emilio Figueiredo e Larissa Uchida, o trabalho aborda: uma revisão histórica que contextualiza a marginalização da planta; dialoga sobre os benefícios farmacológicos e efeitos do uso adulto-recreativo; passa pela guerra a planta, o seu consumo e o repensar de uma política de drogas no Brasil; e tem por desfecho uma noção sobre o mercado alternativo da maconha que oferece serviços e produtos que conversam com a cultura canábica, mesmo sem a comercialização legal da maconha. O podcast enquanto formato foi escolhido por sua dinamicidade e contemporaneidade e é definido como uma produção sonora sob demanda com distribuição – na sua maioria – online.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.